terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Insônia




Não sei pra onde foi
Se está andando por ai
Em meio às preocupações
Ou se está escondido
Da tristeza
Pior será
Se eu descobrir
Que está num pensamento
Que eu acabei de fugir
Sinceramente
Preferia que estivesse aqui
Todos os dias
Ao meu lado
Me deixando dormir
Confortável e tranqüila
Querido sono
Não importa onde está
Mas volta por favor.

3 comentários:

Juliana Whitz disse...

Gosteeiii..

silvioafonso disse...

.


Ah, essa saudade que me
leva à lugares dos quais
nunca me esqueço...
Ah, esse desejo dos teus
beijos. Meu Deus, quanto
desejo eu tenho do teu
leito,quando deitado jun-
to ao teu peito fingi
dormir como um menino.

silvioafonso





.

Antonio disse...

Fazia tempos que eu não vinha ao teu espaço. "A poesia é a música da alma, e, sobretudo, de almas grandes e sentimentais." (Voltaire).Tudo tem o seu lado bom ou ruím.às vezes, a insônia pode ser a chance da gente ficar um tempo com a gente mesmo.Um beijo,poeta..

Postar um comentário