domingo, 30 de janeiro de 2011

Tirou de mim (Pra levar pra você)



Pra você pode parecer
Que eu não confio
Que pra mim não faz diferença
Que ouço apenas por desencargo
E em seguida nem lembro mais
Mas a verdade
É que você
Fez-se especial em minha vida
É a cada dia mais importante
Você
Tirou de mim
As mais profundas lágrimas
De tristeza
De alegria
De satisfação
De encantamento
Tirou de mim
Os mais belos sorrisos
Porque me fez acreditar
Me fez entender
E me mostrou
Que o belo e o simples andam lado a lado
Tirou de mim o abraço mais apertado
Porque mesmo de longe
Você precisava dele
Do carinho que lá estava guardado
Tirou de mim
As palavras
Mais belas
Mais sinceras
Tirou de mim o amor e carinho
Que hoje são seus
Independente da distância

14 comentários:

Ly disse...

Eu entendo bem essa tal distância...

Lindo, Fa

Jubs disse...

Amiga, muito bonito o que escreveu.
A gente sempre se entende.
Beijos

M. disse...

Tirar e dar...

Tirar ou dar...

Eis o que distingue o mundo:)

Guará Matos disse...

Distância...
O coração consegue diminuir o que parece tão longe.
Belo Faa.
Bjs.

Lily Olival disse...

Fez pra mim eh? rsrsrs

Lindo amore, entendo perfeitamente, vc sabe disso!

Beijao

Talles Azigon disse...

E aquele que tira o choro
é aquele que rouba a poesia
é aquele que parte e destroça
pouco sabe que o que fica é tão belo, tão puro e profundo, que não faz idéia da belza que deixa.

lindo amor

Luis Nantes® disse...

Humm!! Ficou muito bonito mas, a distância destruiu ou a pessoa? Sinto um sofrimento aí...
Beijos

Sérgio Filho disse...

Oi Faa,

Passando para deixar um abraço, flor.

Aquele abraço!

Reflexo d Alma disse...

Hunn todo mundo quer ser o muso ou a musa de
um belo poema. O que ja não acontece quando não proferimos versos de encanramento e amor...
Delícia de versos,
que não tem donos, não tem destinatarios...s
ao livres como o vento que vai...

re
fres
can
do...
a
ca
ri
nhan
do
quem quer que encontre pelo caminho.
Te amo Faa.

Lupo disse...

"Tirou de mim" pode ter duas interpretações... Uma é a de que "eu tinha e não tenho mais pq você tirou", e a outra é a de que esses sentimentos não apareciam antes, e "você" foi o culpado.

Adoro esse romantismo, da valorização do outro... O que seria de nós se não fosse o amor, se não fosse o outro? Acho que a vida nem teria sentido.

O chato é criar dependência, e a paixão sempre vem com esse item de série. =/

Gostei muitão do poema Faa. Bjo grande!

Lud disse...

Lendo, mesmo que não tivesse muito a ver, de uma música que eu não tenho certeza ser do caetano e se chama "apesar de você".
Tem uma parte que diz:
você que inventou a tristeza
ora, tenha a fineza
de desinventar

isso podia se aplicar também a distãncia.

Lud disse...

lendo, me lembrou*

Sônia Cristina disse...

Que lindo cara, profundo!
Paixão é um dos sentimentos mais alucinantes que existem, uma "droga" necessária.
O "tirar" de mim nesse caso, só agregou coisas boas....
bj moça.

Henrique Elias disse...

Caraca!! Esse daí te tirou do eixo mesmo hein??
Tomara que ele não só te tire do eixo, mas esteja ao seu lado pra te fazer feliz =D
Bjãooo

Postar um comentário